Prevenção de câncer. Quais doenças são preveníveis e que exames eu devo fazer.

Câncer é uma doença cada vez mais frequente no mundo, hoje já é a primeira causa de mortes, ultrapassando as doenças cardiovasculares. Como eu discuti numa postagem anterior, esse aumento no número de novos casos de câncer é, em grande parte, relacionado ao aumento da expectativa de vida e envelhecimento da população (clique aqui para ver esse post).

Médica avalia um exame de mamografia, capaz de detectar o câncer de mama em estágios precoces.
Médica avalia um exame de mamografia, capaz de detectar o câncer de mama em estágios precoces.

Para alguns tipos de câncer existem exames que podem ser feitos para detectar a doença precocemente, são os chamados exames de rastreamento. Popularmente costuma-se chamar esses exames de “preventivos de câncer”, o que não é o melhor termo, visto que alguns destes exames não previnem o aparecimento da doença, mas detectam quando ela está pequena e a chance de cura é maior.

Veja abaixo os exames recomendados para a detecção precoce do câncer de acordo com um painel internacional de especialistas (clique aqui para ver o original em inglês). Atenção pois estas recomendações são feitas para pessoas de risco normal, caso hajam casos de câncer na família as recomendações podem ser diferentes das listadas abaixo.

Câncer de mama

O rastreamento para câncer tornou-se popular depois desenvolvimento do exame de mamografia. Este exame é capaz de detectar cânceres de mama em estágio inicial e reduziu o número de mortes por esta doença em diversos países onde foi implantado de maneira organizada e oferecido a todas as mulheres.

Recomenda-se iniciar a mamografia em idades entre 40 e 50 anos e o exame deve ser repetido anualmente até pelo menos os 69 anos.

Atenção! O autoexame da mama não é recomendado para detectar o câncer de mama, ele tem baixa eficácia em detectar as doenças quando estão pequenas. Este exame não aumenta a chance de cura do câncer de mama. A mamografia consegue detectar o câncer quando ele está muito menor do que quando ele é identificado pelo autoexame.

Clique aqui para ver um post detalhado sobre mamografia.

Câncer de colo uterino

O câncer de colo uterino é uma dos cânceres mais frequentes entre as mulheres no Brasil e está relacionado à infecção pelo vírus HPV. Com o desenvolvimento da vacina contra esse virus espera-se uma redução importante dos novos casos nos próximos anos (veja aqui um post sobre a vacinação contra o HPV).

Recomenda-se iniciar o rastreamento com o exame de Papanicolau (o raspado do colo do útero) aos 21 anos. Este deve ser repetido em intervalos de 1 a 3 anos. Aos 30 anos, caso não haja alterações importantes pode-se aumentar o intervalo entre os exames. Alguns especialistas sugerem que se faça a pesquisa para detectar o HPV nesta faixa etária, adaptando o intervalo dos exames a partir deste resultado. Os rastreamento deve ser feitos até os 65 anos pelo menos.

O exame de papanicolau pode prevenir o aparecimento do câncer do colo de útero, caso sejam detectadas lesões pré-malignas, estas podem ser retiradas, antes que se tornem um câncer invasivo.

Câncer de cólon

Este é o câncer mais comum do aparelho digestivo. Existem algumas opções para o rastreamento do câncer de cólon.

A partir dos 50 anos recomenda-se um exame de colonoscopia a cada 10 anos. Neste exame, caso se encontre pólipos no intestino (as lesões precursoras de câncer), é possível ser feita sua remoção. Detectando-se precocemente estas lesões, que se tornariam câncer um dia, pode-se evitar o aparecimento de câncer no futuro.

Uma segunda opção, para pessoas que não querem fazer colonoscopia inicialmente, é verificar anualmente a presença de sangue oculto nas fezes. Caso este exame seja positivo recomenda-se a colonoscopia.

Veja aqui uma matéria sobre o rastreamento de câncer de cólon.

Câncer de pulmão

Câncer de pulmão é a doença que mais causa mortes entre os cânceres. Seu maior fator de risco é o fumo, quando maior o número de cigarros fumados por dia e o tempo em que se fumou maior é a chance de se desenvolver câncer de pulmão.

Existe apenas recomendação de se rastrear as pessoas que são grandes tabagistas, que fumaram muito e por longos períodos, pelo menos 30 maços-ano (veja aqui um post detalhado sobre este assunto). Para estas pessoas está recomendada a tomografia helicoidal com baixas doses de radiação. O exame deve ser feito anualmente ou a cada dois anos, de acordo com os resultados do primeiro exame, e deve ser continuado até pelo menos 74 anos.

Câncer de próstata

Este é talvez um dos tópicos de maior controvérsia em rastreamento de câncer. Câncer de próstata é uma doença com alta heterogeneidade, existem subtipos muito agressivos, que se espalham rapidamente pelo corpo, e outros subtipos pouco agressivos, que não causarão nenhum problema para os homens. Infelizmente hoje não há nenhum exame que possa diferenciar com precisão estes dois tipos de doença.

Recomenda-se discutir detalhadamente os riscos e benefícios de rastrear câncer de próstata, levando-se também em consideração a história de câncer de próstata na família e possíveis doenças da próstata anteriores (veja aqui com mais detalhes). A decisão de se fazer ou não o rastreamento do câncer de próstata deve ser partilhada entre médico e paciente.

Para os homens que optem por fazer o rastreamento este deve ser iniciado em torno dos 45 anos e feito com a dosagem de PSA (uma substância produzida pela próstata) no sangue e eventualmente toque retal, caso haja aumento do PSA ou maior suspeição de câncer. Caso ambos sejam normais apenas o exame de PSA deve ser repetido anualmente ou a cada 2 anos. O rastreamento deve ser feito até em torno dos 70 anos.

Todas as recomendações anteriores são feitas para pessoas com o risco normal de câncer. Para saber ao certo quais delas se adaptam a cada pessoa é necessária uma consulta com um oncologista ou clínico geral, que avaliará o risco individual de cada pessoa e fará adaptações de acordo com eles.

Anúncios

5 comentários em “Prevenção de câncer. Quais doenças são preveníveis e que exames eu devo fazer.”

    1. Oi Fernanda, o que você quer saber mais especificamente? Linfonodos sao estruturas normais do corpo responsaveis pela organizaçao da resposta imunologica. Eventualmente os tumores podem se espalhar causando para os linfonodos, o que nos chamamos de metastase linfonodal.

      Curtir

  1. São informações muito boas e precisas obrigada por divulgá-las e por sempre se preocupar que estas cheguem a população em geral, ainda mais agora nesta era tão digital que basta um clique para se manter informado e conectado com o mundo, que a sua linda profissão esteja repleta de sucesso, um forte abraço!!!!!!!!!!!! Continue admiro muito o seu trabalho e sei que vou precisar cuidar mais da minha saúde, obrigada mesmo!!!!!!!!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s